Em 2001, de forma a recuperar a economia americana da recessão, o Fed deu inicio a uma redução da taxa de juros que chegou a 1% ao ano.

Esse estímulo incentivou a formação da bolha imobiliária que acabou no centro da Crise de 2008.

Novamente o Fed aplica o mesmo remédio. Desta vez, a taxa de juros foi para 0-0,25% ao ano. As bolsas americanas estão batendo recordes e o preço das casas em muitos estados voltaram aos patamares pré-crise.

Estamos caminhando a maior Crise de todos os tempos?

Esta é a pergunta que esse excelente documentário tenta responder.

Vamos ver no que dá…

Abraços,

PS.: Créditos ao meu amigo Pedro Correia.

Anúncios