0

Life moves really fast. If you don’t stop and look around once in awhile, you could miss it.

(Ferris Bueler, Day off. A vida se move muito rápido. Se você não parar e olhar em volta de vez em quando, você pode perdê-la)

7:00, é hora de acordar. Tomo banho, ponho minha roupa, parto pro trabalho. Enquanto minha carona não chega, tomo meu shake. Faço parte de uma rede de consumidores destes shakes que são remunerados por indicar novas pessoas pra rede.

Trabalho em uma empresa de publicidade de tamanho médio. Muitas vezes faço home office mas hoje tenho que estar lá para uma reunião presencial. Irei com uma carona paga que agendei por um aplicativo. É mais rápido, útil e muito mais barato que manter um carro só para mim.

Na verdade, desde quando o Uber se popularizou, vendi meu carro e investi a grana. O que gastava anualmente em gasolina, estacionamento, seguro, oficina e IPVA dá tranquilamente para me locomover quando preciso. Talvez quando tiver minha própria família compre um novo… ou talvez não.

Já no carro, conversava com o motorista da minha carona… ele trabalha bem perto do meu escritório. Reclamamos do trânsito, falamos do tempo, “o que vc faz? E vc?”… conversa vai e vem… ele mostrou interesse em participar da minha rede de shakes. Bom pra mim, bom pra ele!

Vi as notícias da manhã deste novo dia no meu celular… tirei umas boas ideias sobre assuntos a escrever no meu blog. Tenho um blog de estilo de vida saudável, como se alimentar bem, fazer exercícios, mas tb como cultivar uma vida social e econômica mais tranquila nos proporciona uma vida melhor. Dá para tirar uma graninha mensal de publicidade… sempre ajuda. Mas o mantenho por prazer, é claro.

Cheguei no trabalho. Desliga tudo! Agora é foco total… reunião, diversas demandas, muitas coisas a fazer.

Horas depois converso com o meu chefe sobre minhas férias: opaaa… marcadas! 2 cliques, passagem comprada. Enfim, vou passar meus dias em Aruba, Caribe. Agora com as férias já confirmadas, mais 2 cliques para aceitar a reserva do casal que estava interessado em alugar meu apê aqui no Rio no período através do Airbnb. Nestes 20 dias que passarei em férias, meu apartamento não pode ficar vazio… e o aluguel dele aqui, vai pagar o que eu vou alugar lá em Aruba.

Volta ao trabalho, foco, responder os mais de 30 e-mails que surgiram na minha caixa. Vários projetos, que bom!

Almoço e na volta uma pausa para o café, olhar a internet e ver as notícias do mundo. Como estão bolsa, câmbio e juros hoje? Como estão meus investimentos? Bem, obrigado (enfim aprendi a diversificar).

Trabalhos concluídos por hoje. Hora de voltar para casa. Vou de Uber mesmo porque hoje não poderei me atrasar. Combinei as 19h com um cara que comprou umas roupas minhas na OLX: não cabiam mais em mim (mas pq estavam largas, ok? Tks shake!!).

Chego em casa, entrego as roupas… aproveito para falar do shake para ele também… vai que ele gosta… (aí terá que repassar as roupas para outro depois hehe). Tomo meu banho, faço uma pesquisa sobre Aruba em blogs de viagem. Combino de comprar dólares de um amigo que acabou de chegar de fora… preço: cotação comercial… bom pra mim, bom pra ele.

Antes de dormir assisto uma aula online da Universidade de Yale sobre Comportamento do Consumidor. O professor é uma referência mundial no assunto e o curso gratuito.

Enfim deito na cama, pego meu celular, skype com a gata, whatsapp com amigos e família… todos bem, tudo bem! Jantar com vinho para aproveitar o friozinho no sábado marcado, almoço de família no Domingo também… final de semana não quero nem saber. Só praia e festa! Nada de celular, nada de afazeres… afinal, depois de todo final de semana sempre há uma Segunda… Graças a Deus!

Bem vindos, este é o mundo hoje. Não estamos mais restritos ao trabalho formal de 9h as 18h, com apenas um empregador. Somos empregados e empregadores em cada momento da vida. Não precisamos ser apenas consumidores mas podemos ser empresário-consumidor ao mesmo tempo. Podemos receber e fornecer conteúdo útil na rede, consumir e prover hospedagem e transporte. É um mundo que pode talvez te exigir um pouco mais por um lado, mas te liberar por outro. Neste novo mundo, você não está mais escravo de uma única ocupação formal para seu sustento, não está refém de bancos para investir… é a uberização das atividades. Ela reduz os desperdícios da vida, roupas que iriam ao lixo, carros vazios indo para o mesmo local ao mesmo tempo gerando transito e poluição, casas trancadas inutilizadas… chegou a hora de se perguntar: em que lugar você irá se encaixar neste novo mundo?

A todos, um grande abraço!

mail-box-3

Anúncios