pib_0

Por que os EUA são o país mais rico do mundo? Simplesmente porque eles produzem mais do que qualquer outro país no mundo. Só por isso. Não é o dólar ou a quantidade de “dinheiro” que o país possui.

Já escrevi isto antes mas esta é uma boa oportunidade de reforçar, riqueza não tem nada a ver com “dinheiro”. Aliás, digo “dinheiro” entre aspas porque o que chamamos popularmente de dinheiro, em economia chamamos de papel-moeda.

O papel-moeda não tem valor algum em si próprio. O que lhe dá valor é a quantidade de bens ou serviços que podemos termos através dele. Ele é apenas um meio de pagamento, uma referência que vale riqueza. Quanto mais produtos e serviços um país produzir, em linhas gerais, mais rico o país será.

Riqueza vem da produção… do trabalho, do empreendedorismo.

Cada padeiro, pedreiro, médico, advogado, professor ao ir todo dia ao trabalho está criando riqueza.

 

O PIB: produto interno bruto

O produto interno bruto representa a soma de todos os bens e serviços finais produzidos numa determinada região, durante um determinado período. Ele é a melhor maneira de quantificar a atividade econômica de uma região.

Existem 3 formas de se medir o PIB:

  1. Ótica da Demanda (ou da despesa)

O valor do PIB é calculado a partir das despesas efetuadas pelos diversos agentes econômicos em bens e serviços para utilização final, ou seja, os bens e serviços que servem de consumos intermédios não entram na conta.

Obs: Bens intermediários são aqueles usados na fabricação de outros bens. Por exemplo, se uma empresa compra pregos de outra empresa para fazer móveis, ao se contabilizar como produção os móveis, o negócio envolvendo a compra dos pregos não pode ser contabilizado no PIB para evitar dupla contagem já que os pregos são parte do móvel, que é o produto final.

Nesta ótica, o PIB corresponde à despesa das famílias em bens de consumo, a despesa do Estado em bens de consumo e os investimentos das empresas. Isto corresponde ao consumo interno.

No entanto, entre os bens/serviços consumidos internamente estão não apenas bens que foram produzidos no país, mas também bens produzidos no exterior, os importados, e que portanto, não devem ser incluídos no PIB por não terem sido produzidos no país.

Na mesma linha, alguns bens produzidos no país acabam não sendo consumidos no próprio país por serem exportados. Mas devem ser incluídos no cálculo do PIB.

PIB = Consumo das famílias (C) + Investimento (I) + Gastos do Governo (G) + Exportação (X) – Importação (M).

2. Ótica da oferta (ou da produção)

O PIB é calculado a partir do valor gerado em cada uma das empresas que operam na economia. Chamamos isto de valor adicionado: a diferença entre o valor da produção e os consumos intermédios de cada empresa.

Conhecendo o Valor Adicionado de cada empresa, podemos calcular o PIB como a soma de todos os VAs das empresas. Para obtermos o valor do PIB, o ajuste que teremos que fazer é somar impostos (líquidos de subsídios) sobre o consumo.

PIB = VA empresas + Impostos sobre consumo – Subsídios

3. Ótica do rendimento

O valor do PIB é calculado a partir dos rendimentos do que chamamos de fatores de produção, ou seja, salários, rendas como aluguéis de imóveis, lucros e juros.

PIB = Salários + lucros + Juros + demais rendas 

Ou seja, o PIB pode ser medido pela produção em si (2) ou pelo consumo do que foi produzido (1) ou com o que recebemos por produzir e usamos para consumir (3).

É importante dizer que o PIB que vale mesmo para fins de análise é o PIB real, ou seja, descontando a inflação.

Produto Nacional Bruto (PNB)

Também vale diferenciar o PIB do PNB. Enquanto PIB é toda a riqueza produzida dentro de uma região, digamos um país, o PNB é a riqueza produzida por uma nação independente se dentro ou fora dos limites territoriais. Para isto, inclui-se por exemplo o que foi produzido por empresas brasileiras no exterior e exclui o que foi produzido no país por empresas estrangeiras.

PNB = PIB + (ou -) Renda Líquida Recebida ou Enviada ao Exterior

PIB per Capita

Adianta dizer que um país é desenvolvido simplesmente porque seu PIB é alto? Claro que não por diversos motivos, mas mesmo para medir a riqueza de um habitante médio no país, o PIB sozinho não serve. Deve-se ao menos medir o PIB per capita que é a produção total de bens/serviços de um país pela população deste país. Com esta conta simples, fica mais fácil entender que apesar do PIB brasileiro ser maior do que o PIB suíço, isto não significa que um brasileiro em média seja mais rico que um suíço. Longe disto. É que toda a riqueza produzida pelos brasileiros é criada e repartida entre 200 milhões de habitantes, enquanto na Suíça por apenas 8 milhões.

Problemas e limitações

O PIB per capita pode ser uma importante medida de riqueza por indivíduo, supondo que os cidadãos se beneficiariam de um aumento na produção do seu país mas PIB per capita não é uma medida de renda pessoal. O PIB pode aumentar enquanto a maioria dos cidadãos de um país ficam mais pobres, pois o PIB não considera o nível de desigualdade de renda de uma sociedade – uma limitação.

Caso dois bens tenham qualidades diferentes, mas sejam vendidos a um mesmo preço, o valor registrado pelo PIB será o mesmo. Isso leva a distorções da percepção de bem-estar, por exemplo, se um país produzir produtos de ótima qualidade pelo mesmo preço de produtos ruins do país vizinho, o PIB calculado dos dois será o mesmo, ainda que a qualidade de vida e de consumo será diferente entre eles.

Um das maiores fraquezas do são as transações não comerciais. Ele exclui atividades produtivas que não ocorrem dentro do mercado, tal como serviços voluntários não pagos, trabalho da dona de casa ou da agricultura de subsistência ou produtos e serviços de livre acesso trocados pela internet.

O PIB não indica diretamente o grau de desenvolvimento de uma sociedade, mas sim de sua riqueza. É uma medida econômica. Não social. Ainda que a economia seja um assunto chave para definir o desenvolvimento social de uma região, outros fatores devem ser considerados em conjunto.

Abaixo, alguns mapas e rankings sobre o assunto.

pib_1

Fonte: Estimativa FMI para o PIB em 2016 e 2020.

pib_2

Fonte: Estimativa FMI para o PIB Per Capital em 2015. Brasil está em 61º, Argentina em 59º, México em 66º, Rússia em 58º, Chile em 52º e Uruguai em 47º.

pib_per-capita

PIB per capita no mundo.

pib_3b

Fonte: The Economist. Maiores Estados por PIB no Brasil (direita) e países no mundo cujos PIBs dos estados brasileiros se equivalem (mapa à esquerda).

pib_4

Fonte: The Economist. Maiores Estados por PIB per capita no Brasil (direita) e países no mundo cujos PIB per capita dos estados brasileiros se equivalem (mapa à esquerda).

pib_5

Fonte: FMI. Se os estados dos EUA fossem países, a que países seriam equivalentes por PIB. O Texas, o segundo estado com maior PIB nos EUA (o 1º é a California) teria um PIB próximo ao do Brasil. Trata-se apenas de uma aproximação.

pib_6

pib_7

A todos, um grande abraço!

mail-box-3

 

Anúncios