CdM 10-17 Bitcoin

Agora sim

Taxa de juros a 7,5% ao ano. Incrível, mas não inédito. No Governo Dilma foi a primeira vez que a taxa chegou por este nível… só que as condições na época eram completamente diferentes e os impactos no médio prazo não foram os desejados. Hoje a história é outra.

 

Menor sim, mas já nem tanto…

A inflação em Setembro foi de 0,16%, uma desaceleração em relação ao mês anterior (0,19%) mas um aumento se comparado a Setembro de 2016 (0,08%). Nos últimos 12 meses, o IPCA está em 2,54%.

 

De olho em 2018

Pelo Boletim Focus, a expectativa de IPCA para o ano que vem é de 4%. O dólar no fim do ano, fecharia a R$ 3,30 e o PIB cresceria 2,5%.

 

Efeitos da Globalização em 4 gráficos

Avanço da democracia no mundo, redução da pobreza e aumento do comércio e da riqueza no mundo. Afinal, a Globalização tem valido ou não a pena?

 

Eis porque o liberalismo é bom

É bom lembrar já que em 2018 teremos eleições no Brasil. As tentações de cair num desses discursos nacionalistas populistas são altas.  

 

A coisa tá feia

O índice de preço de venda de imóveis no Brasil do FipeZap caiu 0,07% em Setembro. Em Agosto, já tinha 0,2%. Nos últimos 12 meses, a queda é de 0,26%. Isso sem nem descontar a inflação no período. 

 

Purgatório da beleza e do caos… imobiliário

No Rio, a situação é ainda pior. Muito pior. Na cidade com o m² mais caro do país, o preço já caiu 3,6% no ano. Descontando a inflação, é uma queda de aprox. 6%. 

 

É Bolha?

Não, não é bolha. Preço de imóveis flutuam como de qualquer outro ativo. Nos dias bons, de crescimento econômico, desemprego em queda e oferta de crédito em alta, os preços subiram. Hoje, o cenário é outro, e é claro que o preço deve refletir o lado negativo também. Tudo na maior normalidade.

 

O que fazer, então?

Para quem já tem imóvel não é um bom momento para vender. Para quem não tem, tbm não é o melhor momento para comprar. O momento é neutro, de manutenção.

 

Queimou largada

Há um ano, o Ricardo Amorim publicou o artigo Hora de Investir em Imóveis no seu blog. Este mês em sua conta no Twitter, o economista voltou a defender o investimento em imóveis no Brasil.

Todo meu respeito e admiração pelo Ricardo Amorim mas como já mostrei acima, acho desnecessário repetir que ele estava errado. E continua.

Preço dos imóveis não reflete a gravidade da crise

A virada no setor imobiliário no Brasil parece estar em algum lugar no futuro próximo. A recuperação econômica, criação de empregos, a queda dos juros e o controle da inflação vão ajudar o setor, claro. Só que o mercado imobiliário, diferente da bolsa de valores, responde tardiamente às mudanças no cenário econômico.

Esta queda atual no valor do m² reflete ainda os efeitos do início da crise. Se quiser entender melhor o que digo, clique e leia o artigo Preço dos imóveis não reflete a gravidade da crise.  

 

Investir em que então?

Ações. Para quem deseja correr riscos, é claro.

Enquanto os preços de imóveis se baseiam no passado, os de ações refletem as expectativas para o futuro. São expectativas apenas, é verdade. Daí, o risco.

 

Ibovespa em 80 mil pontos?

A bolsa segue valendo este risco.

Se ainda não investe na bolsa de valores, recomendo os artigos do Henriquecer sobre o assunto. 

 

E para quem não quer arriscar

A renda fixa vale sempre a pena. Os juros nominais despencaram mas o juros reais (os juros descontados da inflação) ainda apresentam bons ganhos.

 

Cuidado!

…apenas com alguns fundos de renda fixa. Com os juros mais baixos na economia, as taxas de administração destes fundos podem matar grande parte do rendimento do seu investimento. Dependendo de quanto forem estas taxas, pode valer mais a pena inclusive deixar o seu dinheiro na poupança. Acredite.

BitFilme

Lançado recentemente no Netflix, recomendo o filme Banking on Bitcoin. Em português a tradução ficou como Banco ou Bitcoin. Vale a pena assistir para entender melhor a moeda digital.

É bom para tirar as próprias conclusões. Cuidado para não absorver integralmente todas as opiniões demonstradas no filme.

 

BITex free?

Ilan Goldfajn, o presidente do Banco Central brasileiro, sobre Bitcoin este mês: “é um ativo sem lastro e as pessoas compram porque acreditam que a moeda vai valorizar. Quanto mais percepção de que o ativo vai se valorizar, mais pessoas compram e mais o preço de fato sobe. Isso é a típica bolha ou pirâmide que existem na economia há centenas de anos”.

Concordo plenamente.

A todos, um grande abraço! 

Até a próxima!

Clique aqui e cadastre-se para receber os e-mails do Henriquecer.com. Te enviarei apenas um e-mail por semana para te manter atualizado sobre os temas Economia e Finanças Pessoais.

 

Anúncios