Marco Aurélio: o último dos bons Imperadores Romanos – SoCientífica

O que sempre me surpreende no ser humano é que todos nós nos amamos mais do que as outras pessoas, mas nos importamos mais com a opinião delas do que com a nossa própria.” Marco Aurélio

As vezes é dificil explicar, mas no mundo das Finanças e Investimentos 80% é comportamental, 20% conhecimento técnico.

É claro que estes 20% podem fazer uma grande diferença no final, mas o ponto é que se os 80% não estiverem ali, esquece o jogo e tenha a humildade de recomeçar!

A boa noticia é que o que é preciso para ser um bom investidor é preciso também para lidar com os desafios do dia-a-dia da vida. Eu quero trazer aqui hoje dois pontos importantes que por vezes podem parecer contraditórios, mas não são.

  1. O primeiro deles é: dê-se o valor que merece

Meu ponto aqui não é dizer que você é especial por ser você, etc. O ponto é que ninguém é especial a este ponto, e portanto, todos têm valor. No mundo financeiro, essa afirmação equivale a dizer que sim, você pode ter uma financeira melhor. Vida financeira saudável não é uma benção divina, coisa de quem nasceu bem ou com sorte. É mais logico e razoável que isso: basta trilhar o caminho certo. Por exemplo, a Poupança não é o unico investimento possível e ações não é “coisa para quem entende”. Inclusive, você pode aprender também.

Não é dificil entender, talvez seja mais dificil aplicar… armadilhas mentais!

No ponto de vista pessoal, o sentido mais amplo significa: não se maltrate, não deixe que te maltratem, não aceite ser infeliz, ser desrespeitado, não aceite uma condição de vida que não condiz com seus objetivos. Você não merece, ninguêm merece. Tenha a coragem de tentar!

2. O segundo ponto: é trate-se como você trataria alguém que você se importa

Jordan Peterson descreve bem o efeito: trate-se como você trataria alguém que você se importa não significa se mimar. É bem o contrário disso, de fato.

Faça o que é o melhor para você, não necessariamente o que é fácil. É preciso distinguir entre o que é o bom do que simplesmente te dá prazer.

Cuidar de si mesmo da forma que cuidaria de alguém sob sua responsabilidade significa considerar o que seria realmente bom para você. Procure crescer porque querer ser feliz o tempo todo é mimar a si próprio

Toda vez que você dá um doce a uma criança, você a deixa feliz.  Isso não quer dizer que deva dar apenas doces a ela.

“Feliz” de modo algum é sinônimo de “bom”. Você deve fazer com que as crianças escovem os dentes, elas devem colocar roupa de frio (difícil fazer a minha pequena Vickie manter as luvas na neve).

Muitas vezes deve dizer “não”.

Você deve ajudar uma criança a se tornar virtuosa, responsável, um ser desperto, grato e capaz de reciprocidade – capaz de cuidar de si mesma e dos outros, e de crescer ao fazer isso.

Por que você acharia aceitável fazer qualquer coisa diferente a si mesmo?

As vezes é necessario escolher entre as dores passageiras do crescimento e a dor duradoura que traz a desistência.

Não se maltrate é o resumo das 2 leis, mas não o faça nem aceitando uma situação ruim, nem escolhendo refúgio no que é fácil e prazeroso, mas incompatível com seus objetivos na vida.

A todos um grande abraço!

Riko Assumpção

_____

Henriquecer: Podcast do Riko Assumpção 

ANCHOR
APPLE PODCAST
GOOGLE PODCAST
SPOTIFY

Conheça meus livros: https://henriquecer.com/livros-do-riko-assumpcao/

Saiba mais sobre mim: https://henriquecer.com/about/

Acesse a Planilha de Planejamento Financeiro aqui: https://henriquecer.com/planilha-financeira-no-excel/

Henriquecer.com