• No início muita gente cobrou dos Governos do Ocidente (leia-se EUA, UK, Alemanha e França) uma resposta à agressão russa. Alguns queriam que inteviessem até militarmente.
  • Os governos ocidentais responderam com fortes sanções econômicas
  • Curiosamente, alguns que cobravam uma intervenção militar acabaram por achar que as sanções eram fortes demais e que iriam impactar fortemente os próprios países que aplicavam as sanções
  • Eu me pergunto o que essa gente achava que aconteceria caso houvesse de fato uma intervenção militar na Ucrânia ao invés de sanções.
  • Deixando de lado o fato de que a Rússia é o país com o maior arsenal nuclear do mundo, qualquer guerra sempre traz impactos econômicos desastrosos para os seus participantes.
  • E caso não fossem aplicadas nem sanções econômicas e nem intervenção militar na Ucrânia? – O famoso “Essa guerra é lá do outro lado do mundo! Tenho nada a ver com isso!” ? Bem, acontece que uma regra de ouro das relações internacionais é o respeito à soberania dos países. Esse princípio básico é o que garante a paz internacional. Ou seja, se os demais países apenas assistissem a invasão russa acontecer passivamente, o recado dado ao mundo seria “que pode-se fazer o que quiser e sem consequências”. Desnecessario dizer o quão ruim isso seria.
  • As sanções econômicas são uma burrice pq quem aplica também perde? Claro que não. A perda realmente existe para quem aplica e é maior o quão maior for a potência que sofre as sanções. Mas as consequências para a Russia serão muito maiores. O mundo perde a Russia, mas a Russia perdeu o mundo.
  • Além disso, a Defesa Nacional e Ordem Internacional tem mesmo um custo. Assim como cada país mantém forças armadas mirando a defesa nacional, o que tem um custo econômico elevado também. Apenas já estamos mais acostumados a pagar essa conta.
  • E a Alemanha que financiou o Governo russo através de seu gasoduto ? Ora, o comércio internacional é o fator pacificador mais potente que se tem conhecimento. Tem um inimigo? Compre dele e venda para ele.
  • Aliás, sabe quem se tornou o maior parceiro comercial dos EUA no Governo Trump e continua sendo? A China.
  • O Comércio é um fator de defesa porque cria uma relação ganha-ganha entre os países. Você transforma um potencial adversário em parceiro comercial.
  • E no caso de um conflito? Aplica-se sanções! Pense: se não houver comércio, não há como haver sanções, logo, não haveria punições por invasões como essas.
  • E por falar nisso, a própria União Europeia foi criada após a 2a Guerra Mundial com o intuito de pacificar o Continente que sempre viveu em guerra ao criar cooperação econômica entre eles. Deu certo ou não deu?
  • Repito: a Economia é a melhor fonte de paz no mundo.
  • Mas Putin invadiu a Ucrânia mesmo assim.
  • Sim, mas as guerras sempre foram uma constante no mundo. Nós é que nos desacostumamos; A verdade é que vivemos um período recorde de relativa paz no mundo.
  • Existem diversas guerras localizadas ainda e que nunca pararam – a maioria em locais atrasados economicamente. Avanço econômico e paz rimam. A Globalização trouxe ao mundo mais paz. Não estamos mais acostumados.
  • Essa paz trazida pela cooperação econômica cria aberrações tipo o cara que acha que entrar numa guerra nuclear é ok, mas aumentar o preço da gasolina e do trigo é o fim do mundo. Claro, ele nunca viveu uma guerra de verdade.
  • Esse é o mundo que vivemos. É bizarro, mas graças a Deus!
  • Yuval Harari diz que a história da humanidade é a história de luta constante contra a fome, pandemias e guerras.
  • A evolução econômica resolveu grande parte destes problemas. Pela primeira vez na história, mais pessoas morrem hoje por comer demais do que por comer pouco; mais pessoas morrem de velhice do que de doenças infecciosas; e mais pessoas cometem suicídio do que são mortos por soldados, terroristas e criminosos juntos.
  • Os maiores desafios que a maior parte dos homens modernos viveram foram crises econômicas. Antes ele não tinha o que comer, 7 dos 11 filhos morriam de gripe e vivia com medo de uma invasão de uma tribo rival. Hoje ele não quer deixar de ter o iPhone mais moderno.
  • Apenas desta maneira é possivel entender o bizarro fenômeno de pessoas que acham que a economia pode ser mais importante que salvar vidas numa pandemia; e que acredita que sanções economicas possam ser mais devastadoras que guerras.

Abraços,

Riko Assumpcao

_____

Henriquecer: Podcast do Riko Assumpção 

ANCHOR
APPLE PODCAST
GOOGLE PODCAST
SPOTIFY

Conheça meus livros: https://henriquecer.com/livros-do-riko-assumpcao/

Saiba mais sobre mim: https://henriquecer.com/about/

Acesse a Planilha de Planejamento Financeiro aqui: https://henriquecer.com/planilha-financeira-no-excel/

Henriquecer.com