Em Julho de 2021 eu desembarquei no Aeroporto de Changi em Singapura. Considerado por muitos como o melhor aeroporto do mundo, ele estava vazio. Singapura estava totalmente trancada por conta do Covid19 e mesmo a minha mudança que deveria ter acontecido em Maio já estava atrasada por um bloqueio total.

Detalhe, no inicio de 2021, com mais de um ano de pandemia, menos de 30 pessoas haviam morrido de Covid. Repito para deixar claro: não eram 30 por dia, eram 30 pessoas desde o inicio da pandemia. Em contraste, o Brasil chegou a ter mais de 4 mil mortes em um único dia. Ainda que as populações dos dois países não sejam comparáveis, mesmo quando ajustado per capita, no Brasil o número de mortos foi infinitamente superior!

Apesar deste contraste, a população de Singapura em geral não questionou a rigidez do Governo, enquanto as imagens que chegavam do Brasil eram de pessoas viajando, andando sem máscaras, visitando os parentes como se nada estivesse acontecendo…

Não me leve a mal – é bom dizer pq no fim o assunto virou até político, mas o ponto não é necessariamente o Covid. O ponto é que a percepção de valor que tem a vida nos dois lugares é muito diferente.

Em Singapura, cada apartamento novo possui um bomb shelter, ou seja, um quarto que funciona como uma espécie de bunker para proteger a população em caso de ataque militar aéreo.

Um dia em que avistaram uma água viva box em alto mar, fecharam a praia para a população e por aí vai.

É dificil entender essa diferença, mas ela existe. Muitos brasileiros acreditavam que a China ocultava dados de Covid no início, mas para a visão de um chinês, os singapurianos foram leves nas restrições. Na China não se tolera viver com um pouco de Covid. É Zero Covid!

Cada país, uma cultura.

“Demos sorte! Graças a Deus, no Brasil, o lockdown não foi assim.” E que sorte do país que perdeu em torno de 700 mil vidas para a doença.

Mas, no Brasil, parece que são só vidas perdidas, ufa, ainda bem que nada a mais.

Cada país, uma cultura.

É que quando sua vida pode ser perdida por um par de tênis, você entende que ela talvez não valha tanto assim mesmo. O Brasil é um dos países mais violentos do mundo.

Moro fora há 6 anos, e ouço dizer que violência tem em qualquer lugar, que “você pode ser roubado no metro de Londres ou Paris”. Bem, pode. Mas o que dificilmente vai acontecer ou você irá ouvir falar é que esse assalto foi a mão armada ou de um sequestro relampago – o que no Brasil é infelizmente comum.

Posso suportar a ideia de minhas filhas voltarem para casa sem celular ou carteira, mas jamais a de elas simplesmente não voltarem para casa.

Então a mera percepção de que há violência comparável nas grandes cidades europeias como nas brasileiras já é revelador, e mostra que muitos brasileiros colocam na mesma cesta o valor da vida e o do seu iPhone.

E o que isso tudo tem a ver com economia e utilidade?

Isso talvez ajude a explicar em parte por que tão poucos brasileiros investem para seu futuro ou por que constantemente o Brasil aparece na lista de maiores juros reais no mundo. Quando a sua existência no futuro é incerta, você só aceitará adiar seu consumo se a recompensa for maior.

Na Ásia, onde mtas pessoas ja usavam mascaras nas ruas antes do Covid aparecer, a história é diferente. A economia do Japão, por exemplo, não cresce de forma significativa desde o início dos anos 90 e um dos motivos é que a taxa de poupança no país é extremamente alta, apesar dos juros negativos.

O PIB per capita do Japão é de 40 mil dólares por ano. Para comparação, nos EUA é de 63 mil dólares e no Brasil, 7 mil.

Em compensação, a expectativa de vida no Japão é a maior entre as grandes economias do mundo. Em média, vive-se 84 anos por lá. Nos EUA, a mesma é de 79 anos, apenas 2 anos superior a do Brasil.

Como disse, o valor da vida é cultural. Para muitos, o sucesso americano é medido pelos 23 mil dólares per capita gerado a mais que o Japão ao ano, mesmo que às custas de uma vida média meia década mais curta.

O valor da vida é diferente.

… e no Brasil, parece que tem gente mais incomodada com o preço da gasolina do que jamais esteve com os 700 mil mortos pelo vírus.

Aos economistas, basta observar e buscar entender.

A todos, um grande abraço

Riko Assumpção.

_____

Planejamento Financeiro com Riko Assumpcao no Youtube

Henriquecer: Podcast do Riko Assumpção 

ANCHOR
APPLE PODCAST
GOOGLE PODCAST
SPOTIFY

Conheça meus livros: https://henriquecer.com/livros-do-riko-assumpcao/

Saiba mais sobre mim: https://henriquecer.com/about/

Acesse a Planilha de Planejamento Financeiro aqui: https://henriquecer.com/planilha-financeira-no-excel/

Henriquecer.com